Novo

Bíblia Israelita Completa Capa Flexível

125 reales

em 12x 12 reales con 12 centavos

Frete grátis

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Garantia do vendedor: 7 dias

Características principais

Título do livroBíblia Israelita
AutorMarcos Pinho
IdiomaPortuguês
Editora do livroCENESE
Capa do livroMole
Ano de publicação2019

Outras características

  • Quantidade de páginas: 1102

  • Altura: 25 cm

  • Largura: 17 cm

  • Peso: 1500 g

  • Com páginas para colorir: Não

  • Com realidade aumentada: Não

  • Gênero do livro: religioso,bíblia,poesia,biblia israelita,biblia judaica

  • Subgêneros do livro: religioso,biblia

  • Tipo de narração: Poesia

  • Coleção do livro: n

  • Idade mínima recomendada: 12 anos

  • Idade máxima recomendada: 120 anos

  • ISBN: 9786587993003

Ver mais características

Descrição

Bíblia restaurada Israelita, capa flexivel Azul completa com todos os livros, terceira edição de 2020.

*A bíblia Restaurada Israelita 3ª Edição é completa com todos os livros, com Letra Grande com estudos e comentários, dicionários, 613 mandamentos, 1ª Macabeus, 2ª Macabeus e o livro de Enoque*

O projeto da Bíblia.


Escrituras dos Israelitas
Muitos nos perguntam se as Escrituras dos Bney-ysraEL é uma tradução direta das copias manuscritas, nossa resposta a essa pergunta é: Não, a BRI (Bíblia Restaurada Israelita) não é uma tradução, mas uma compilação de vários manuscritos e versões de bíblias já existentes. As correções foram feitas verso a verso.

A Base da BRI
Usamos como base para as compilações e correções, a versão livre de direitos autorais em português, publicada pelo coautor Jacobus op den Akker. Usamos essa versão em português como a base da BEI, de forma proposital já que milhões de brasileiros usam a versão de JFA (João Ferreira de Almeida). Nós acreditamos que nem tudo foi mal traduzido é por esse motivo que começamos um trabalho silencioso de correções baseado nesses manuscritos: codex alexandrinus, codex vaticanus, codex sinaiticus, Codex Syrus Curetonianus, Peshita em inglês, Pergaminhos do mar morto, Matityahu de Shem Tov, Matityahu de Du Tillet. Usamos também algumas versões para consulta, são elas: Bíblia de Jerusalém, Bíblia King James 1611, Bíblia Reina Valéria, Bíblia do Peregrino, Bíblia Almeida Corrigida e Fiel. Usamos essas bíblias apenas para consultas.

Os livros dos discípulos de Yeshua.
Atualmente conhecido como “novo testamento”. Está contida na BEI. Esses rolos, que são considerados históricos e fazem parte dos bney-Yisrael após a vinda do Ungido. Apesar desses rolos estarem na BEI eles não estão em pé de igualdade com o tanach nas formulações doutrinarias.

A base das correções.
A base de nossas correções é a toráh. O que estiver contra a toráh foi considerado profano e usamos como referência o conceito que Elohim não se contradiz em suas próprias palavras. Assim qualquer escrito que tenha o adjetivo de “Sagrada Escritura”, não pode entrar em contradição com o restante.

Os originais
Não existe nenhum manuscrito original, escrito pelos profetas, o que existem são copias das copias dos originais. É por esse motivo que existem tantas versões de bíblias. Esse projeto tem a toráh como base e por isso não erraremos o caminho. A toráh e os profetas (tanach) a Lei o Testemunho são o mapa para chegarmos em uma correção mais justa.

Uma bíblia perfeita nesse mundo atual nunca existirá, mas teremos uma que nos leva à toráh de forma mais próxima da perfeição.

O nome Adonai
Não encontramos esse nome no manuscrito hebraico mais antigo. No lugar de adonai encontramos o nome sagrado do Elohim (YAH ), por este motivo restauramos, colocando o nome no lugar de origem.